Como cultivar Morangos      Cultivo do Morango      Plantio do Morango      Plantação de Morangos   Cultivares
    


Informações:

CULTIVO DO MORANGO
Veja abaixo algumas sugestões para o cultivo do morango: Como cultivar morango:
O morangueiro requer dias curtos e temperaturas amenas ou baixas, nessas condições, o florescimento e a produção dos morangos são estimulados.
Em dias longos e temperaturas elevadas, o crescimento vegetativo é estimulado.
É necessário comentar esses aspectos para o produtor escolher a época de plantio e produção de mudas.

O plantio do morangueiro para a produção de frutos deve ser feito de fevereiro a maio, para a produção de mudas, de setembro a outubro.
O morango precisa de sol, pouca umidade e solo silico-argilo-humífero, rico em matéria orgânica.
A geada danifica flores e frutos.

A área destinada ao plantio deve receber gradagem, calagem e adubação conforme a análise do solo.
A produção de frutos exige o espaçamento mínimo de 30 x 30 x 35 cm, sendo as plantas dispostas em quadrado ou quincôncio, em canteiros com 20 a 50 cm de altura, com 1,2 m de largura, para 2 a 4 fileiras, em função do porte do cultivar e da umidade do ar no local.

O plantio é manual e as mudas são comercializadas com raiz nua e plantadas diretamente nos canteiros de produção de frutos.
Para uma boa produção, o morangueiro exige muita água. Até 30/40 dias depois do plantio, irrigar diariamente e depois, 2 vezes por semana.
Irrigações excessivas competem com a incidência de doenças.

É necessário, na cultura do morangueiro, a cobertura do solo (mais conhecido como mulching), para prevenir o contato dos frutos com o solo, evitando a proliferação de fungos que causam podridões.
Depois do plantio das mudas fazer o mulching, pois ajuda controlar as ervas invasoras, mantém a umidade e previne a morte das raízes superficiais.

Atualmente o material usado e que apresenta melhor resultado é o polietileno preto.
O início da colheita varia com clima da região, começando em abril e estendendo-se até dezembro, com pico em agosto e setembro.
No ponto "maduro" a colheita (manual) será para fins industriais e de "1/2 a 3/4 maduro", para comercialização in natura.