Definição: Cogumelos      Definição: Cogumelos      Definição: Cogumelos      Definição: Cogumelos      Definição: Cogumelos
Frutas do Brasil    

COGUMELOS:


Informações:
COGUMELOS - Definição:
COGUMELOS: Fungo pluricelular constituido de duas partes, uma que fica abaixo da terra, o micélio, e outra acima, chamada corpo de frutificação ou basidiocarpo.
Diz-se das coisas que surgem rapidamente e em grande número. "Crescer como cogumelo, crescer rapidamente".
O cogumelo, que geralmente brota do solo como um pequeno chapéu-de-sol, é na verdade um fungo pluricelular, que cresce em meio a matéria orgânica em decomposição, às vezes oculto pela folhagem ou pelos musgos.
A palavra cogumelo deriva de cucumellu diminutivo de cucuma, que em latim significa vasilha de cozinha.
Em micologia (ciência que estuda os fungos), as duas qualidades não estão classificadas em grupos diferentes. Um cogumelo comestível pode ser da mesma família ou até do mesmo gênero que um venenoso. Cerca de 80% dos cogumelos não são comestíveis e dentre esses alguns são venenosos. As crianças em geral não conhecem a diferença entre uns e outros e são ensinadas a evetá-los. Somente uma pessoa que tenha estudado o assunto pode dizer quais os cogumelos que podem ser comidos e quais contêm veneno mortal.
Existem cerca de 100 mil espécies de cogumelos conhecidas. As diferentes espécies têm diferentes formas, desde o chapéu-de-sol comum até as mais extravagantes, que lembram corais ou pequenas árvores.
Podem também ter o aspecto de prateleiras. As cores variam do branco ao rosa-pastel e ao lilás, do amarelo ao laranja-fogo e ao vermelho vivo, do cinza pálido ao castanho.
A parte principal do cogumelo é subterrânea. Parece uma teia de fios finos, às vezes compactos como uma bola de feltro. Essa parte do fungo é chamada de micélio. O chapéu, chamado pelas pessoas de cogumelo, é, na realidade, o talo ou estipe que brota do mecélio. Pode ser comparado a um fruto porque sua função é dispersar as células que irão dar origem aos novos cogumelos.
A do chapéu-de-sol é denominada esporóforo, que significa a parte que encerra os esporos.
Nos esporóforos que estão começando a brotar, o topo do talo forma um pequeno botão. O botão desenvolve-se até atingir a forma adulta de um chapéu-de-sol. Se examinar um cogumelo adulto, poderá se ver uma série de raios finos na parte inferior do chapéu. Esses raios são as lamelas que contêm os esporos. Abrem-se do talo para a borda do chapéu.
Os esporos são células especialmente adaptadas para produzir novos espécimes. São sustentados por minúsculos filamentos, que brotam da superfície das lamelas. Um único esporóforo pode representar milhões desses filamentos. Um esporo isolado é tão pequeno que só pode ser visto ao microscópio. Uma grande quantidade de esporos parece uma poeira fina. Na maioria das vezes, esses esporos têm a mesma cor das lamelas. Colocando-se as lamelas de um chapéu sobre uma folha de papel, elas deixarão marcas de desenhos. Esses desenhos são formados por milhares de esporos.
Os cogumelos não possuem a substância verde chamada clorofila. Os vegetais, que possuem Clorofila, podem usar a luz do sol para produzir carboidratos, um tipo de alimento de que precisam. Produzem a partir da água e do dióxido de carbono, um dos gases existentes no ar. Os cogumelos não têm o verde das folhas e precisam utilizar o alimento que já foi produzido por alguma planta verde. Por isso, encontram-se em tocos de árvores, nas folhas e em gravetos em decomposição ou mesmo nos solos muito ricos. Dessa forma, obtêm o alimento de que precisam.
As vezes, encontra-se uma espécie que se desenvolve em troncos ou galhos de árvores vivas. Os cogumelos que crescem nas plantas vivas são chamados parasitos. Ou podem crescer no húmus, como saprófitos, aproveitando a putrefação de organismos mortos.
A principal parte do cogumelo, o micélio, vive inteiramente da matéria em que está imerso e que lhe fornece alimento. Quando o mecélio cresce em troncos ou em árvores, provoca a decomposição desses. A decomposição fornece mais matéria orgânica para alimentar o cogumelo.
O cogumelo precisa de bastante umidade. Depois de uma temporada chuvosa, eles brotam, de repente, em grandes quantidades.
Os cogumelos podem ser cultivados, em pequena escala, em porões, grutas e minas abandonadas. Quase todo lugar onde a temperatura possa ser mantida estável serve.
Já o cultivo de cogumelos em escala industrial é diferente. É necessário uma grande estufa com compartimentos especialmente projetados e métodos padronizados de produção e comercialização.
No Brasil, é pequena a produção de cogumelos, já que a falta de instalações adequadas só permite cultivá-los nos meses de inverno.
Veja neste site as técnicas de plantio do cogumelo Shiitake que você poderá fazer.
Os cogumelos são fungos pertencentes a diversas famílias da divisão Thallophyta. Essas famílias pertencem à classe Basidiamycetes. O cogumelo comercializado é da família Agaricaceae, gênero Agaricus, espécie A.campestris.

Subir

VOLTAR PARA PÁGINA INICIAL  Clic Aqui